Utilizamos cookies para melhorar a experiência no nosso website. Ao prosseguir com a utilização deste website indica que concorda com a nossa políticas de utilização de cookies. Obtenha mais i

Bem vindo de regresso ao jardim!

No início de Setembro, a maioria das crianças recomeça a escola e grande parte dos adultos volta ao emprego - a vida "normal" regressa. Enquanto esteve fora, a gozar as suas férias, quem é que tomou conta do seu jardim? Nesta secção irá aprender cerca de meia dúzia de coisas que são importantes para a sua "sala-de-estar verde" nesta altura do ano.

Conselhos para o seu jardim no final do Verão

Plantas em floração

Muitas plantas de canteiro e de vaso tiveram uma fase de floração em Agosto e estão talvez agora, lentamente, a começar a florir de novo. No caso das petúnias, por exemplo, poderá ser útil podá-las para estimular de novo o crescimento e, assim, a formação de novos botões. Mas é ainda mais importante dar-lhes os nutrientes suficientes para que possam florir e crescer, de forma viçosa, mais tarde. Afinal de contas, este é um momento importante: Durantes as suas férias, as plantas não receberam, se calhar, fertilizante líquido. Por esta altura, mesmo os fertilizantes de longa duração já estão, muitas vezes, gastos, embora teoricamente devessem durar sem problemas até Setembro ou Outubro. Porquê? O tempo quente e húmido liberta o fertilizante mais rapidamente do que o planeado e, portanto, é todo usado pelas plantas. É possível identificar a falta de nutrientes, se as plantas não conseguem dar flor e se as folhas apresentam uma cor verde clara não característica, sintomas que são frequentemente acompanhados pelo amarelecimento das folhas inferiores, mesmo em plantas que não estão demasiado secas. A aplicação regular de fertilizante líquido é uma medida de primeiros socorros que pode ser complementada com a utilização de fertilizante em granulado. Quando as flores de Verão já não estão suficientemente atractivas para que compense cuidar delas, podem ser substituídas pelas flores de final de Verão/Outono: Urzes, gaultérias, plantas arbustivas, crisântemos, gramíneas, gencianas, e outras, oferecem uma vasta gama de opções decorativas para o redor de sua casa.

Frutos caídos

Nesta época, poderá encontrar frutos caídos por baixo das macieiras. Pode fazer várias coisas com esses frutos. Os frutos que estão quase maduros podem ser usados para cozinhar, se tiver paciência para remover as partes estragadas. Os frutos que não podem ser usados devem ser apanhados com um ancinho e deitados fora - idealmente num lixo orgânico. Se deitar esses frutos no monte de compostagem, irá atrair vespas. Maçãs comidas por lagartas podem também esconder pequenas lagartas de borboletas, como as das traças de inverno que passam o Inverno no solo; na Primavera, as fêmeas sobem a árvore até atingir as flores da macieira para infectar o fruto que se vai formar no ano seguinte. Para que as lagartas e, mais tarde, as pupas não passem o Inverno no monte de compostagem, é melhor deitar fora os frutos caídos juntamente com o lixo orgânico. Em alternativa, pode cavar um buraco com uma profundidade de duas pás para enterrar os frutos. Após a colheita, observe as ameixeiras para se certificar que removeu todos os restantes frutos infectados com fungos. Contêm milhares de esporos de fungos que podem vir a infectar os seus frutos no ano seguinte.

Caixas-ninho

A época de reprodução dos pássaros do jardim definitivamente já passou, por isso é altura de limpar os ninhos velhos das caixas-ninhos. Ao fazê-lo, está a remover os parasitas que gostariam de passar aí o Inverno e a criar um novo espaço para os pássaros nidificarem no Inverno. Também deve remover completamente os ninhos velhos nos arbustos ornamentais e árvores porque não serão ocupados por novos habitantes. Quando limpar as caixas-ninho, certifique-se de que não destrói nenhum ninho que seja a casa de um pequeno roedor, como o arganaz. Em locais protegidos, pode agora pendurar caixas de morcegos para que o morcego-arborícula-grande e o morcego-de-ferradura pequeno, entre outros, possam encontrar um refúgio para o Inverno, mesmo nesta época, um pouco cedo na estação.

Relvados

Também é a altura de cuidar de novo do seu relvado. Para que aguente o Inverno, deve usar um fertilizante especial para o Outono que possui quantidades adicionais de azoto e fosfato entre os seus nutrientes. Porém, o fertilizante foi concebido para que o fluxo de azoto seja muito lento, para garantir que não é completamente arrastado na época das chuvas de Inverno, pois isso não seria benéfico. É por esta razão que não se deve usar fertilizante de Primavera ou Verão no Outono ou no Inverno. O potássio existente no fertilizante permite que a erva resista a geadas fortes e a libertação lenta de azoto garante que o relvado recebe azoto suficiente e fica em condições para crescer bem quando a Primavera chegar. O fertilizante também contém normalmente ferro, o que mantém a relva verde e de aspecto saudável. Para aplicar o fertilizante de Outono, o melhor é escolher um dia seco, antes de começar a precipitação, uma vez que a chuva pode arrastar imediatamente o fertilizante até às raízes.

Canteiros de ervas aromáticas e legumes

Certifique-se que colheu o máximo de plantas possíveis no seu canteiro antes de ir de férias, para que nada apodreça durante a sua ausência. Por isso, é ainda mais importante utilizar as semanas finais do Verão e do início do Outono para plantar novos legumes e ervas aromáticas. Ainda pode semear ervas como borragem, agrião-mastruço, capucinha e endro e legumes como espinafre, erva-armoles, rabanetes de Outono, alface-de-cordeiros e alface. Outros como couve-rábano, endívias e alfaces de Outono e Inverno podem também ser plantados no canteiro, não por semente, mas usando plantas compradas.

Bolbos de flores

Porém, a tarefa de jardinagem mais agradável nesta época do ano é certamente a plantação de bolbos de flores. Afinal de contas, os pequenos bolbos castanhos representam uma promessa de flores na próxima Primavera. Ao comprar bolbos, certifique-se que compra os que são maiores, pois estes irão florir melhor. Os bolbos mais pequenos tendem geralmente a ser mais baratos. Se tiver problemas com ratos-do-campo, o que é comum nas redondezas das vilas e em áreas rurais, é melhor proteger os bolbos com sacos de protecção para plantar, para evitar que sejam comidos. Senão, estará simplesmente a colocar comida de Inverno para os ratos-do-campo. Uma regra geral para a profundidade a que se deve plantar os bolbos (medida a partir da extremidade apical e não da base). A profundidade de plantação deve ser o dobro da altura do bolbo. Se plantar os seus bolbos em vasos, em vez de canteiros, pode também usar o método sanduíche e colocar diferentes tipos de bolbos sobrepostos em camadas, por exemplo, narcisos no fundo, a seguir mini-tulipas, depois os jacintos e, depois, novamente, os bolbos de Inverno. Se coordenar os tempos de floração dos diferentes tipos de flores (leia as instruções), as camadas irão florir imediatamente uma após outra, criando um espectáculo visual semelhante a um fogo-de-artifício. Também pode conseguir um período prolongado de floração apenas com um tipo e espécie de bolbos, se plantar os bolbos em dois ou quatro grupos com um intervalo entre eles de dez a quatorze dias.

Comments