Utilizamos cookies para aprimorar sua experiência em nosso website. Ao continuar navegando por este website, você concorda com o uso de cookies. Para saber mais, leia Cookies

Príncipe Carlos – um jardineiro apaixonado pela agricultura biológica

Os jardins do Príncipe são mais do que um refúgio ao barulho da cidade, representam uma filosofia de vida. O Príncipe criou jardins ornamentais orgânicos, em perfeita harmonia com a natureza, nas suas casas de Highgrove, Birkhal e Clarence.

O Príncipe ecologista – um criador de tendências

Quando o Príncipe Carlos começou a gerir Highgrove de acordo com os princípios da agricultura biológica, fez surgir alguns sorrisos irónicos. Agora, depois de decorridos 25 anos, o herdeiro da coroa britânica transformou-se de repente num pioneiro do movimento orgânico e é considerado pelos especialistas um mestre incontestável nesta área. Por seu turno, a própria Rainha desenvolveu uma paixão pela jardinagem orgânica. Desde Abril deste ano, os visitantes do Palácio de Buckingham têm podido ver a horta ornamental da Rainha Isabel. Os vegetais orgânicos desde os Tomates (Rainha de Copas) à alface (Rainha do Norte) e ao arbusto (Real) do feijão vermelho são apresentados de um modo adequado ao seu estatuto.

A receita do sucesso: a jardinagem orgânica

A partir de uma paisagem outrora sem forma e vazia, o Príncipe de Gales quis criar um jardim belo, prazenteiro e respeitador da natureza. E foi bem sucedido no seu intento. Highgrove é um Jardim do Éden com nascentes rumorejantes, lagos e espaçosos prados naturais. Cavalos e gado pastam rodeados de um mar de cor de papoilas, margaridas silvestres e centáureas azuis. As ovelhas pastam aqui no Outono, antes de o prenúncio da Primavera tecer de novo os seus tapetes de flores em Fevereiro. E para controlar a população de cobras, passeia-se pela propriedade um bando de animados patos-reais. Os jardins do Príncipe Carlos não são apenas românticos, todos os três são trabalhados de acordo com os princípios da jardinagem orgânica. Isso significa que o solo é fertilizado em vez das plantas. O solo fértil permite que as plantas tenham um sistema radicular saudável que, juntamente com as bactérias e os fungos, presta importantes serviços a todos os organismos do solo.

Saiba mais informações sobre os princípios reais da jardinagem orgânica no livro, 'S.K.H Der Prinz von Wales, Highgrove, Clarence House, Birkhall - Königliche Biogärten'.

Este livro tem 176 páginas, 200 fotografias a cores, capa dura e é publicado pela Verlag BusseSeewald GmbH, ISBN 978-3-512-03306-3.

Comments