Utilizamos cookies para aprimorar sua experiência em nosso website. Ao continuar navegando por este website, você concorda com o uso de cookies. Para saber mais, leia Cookies

Heléboros

A maioria dos jardins parece muitas vezes triste e vazia durante os meses frios de Inverno. As lindas áreas de relvado verde foram substituídas por uma camada branca de neve e a única coisa que sobra das flores e arbustos coloridos são alguns canteiros vazios e ramos despidos. No entanto, não é preciso passar sem bonitas flores nesta altura do ano. Os heléboros, também conhecidos como rosas de Natal, proporcionam um maravilhoso destaque a um jardim adormecido. Uma vez que estão habituados a temperaturas baixas, eles florescem entre Dezembro e Março e proporcionam uma agradável distracção em relação à paisagem branca do jardim.

Origem

Os heléboros têm origem das regiões montanhosas onde são uma espécie protegida e se encontram geralmente a altitudes até 1900 metros. O seu habitat natural estende-se desde os Alpes orientais, pela Alemanha (essencialmente pela Bavária), Áustria, Suíça e Itália até aos Balcãs do norte.

As rosas de Natal (Helleborus niger) caracterizam-se pelas suas flores brancas - ou, ocasionalmente, rosa vivo - em forma de pires. A superfície sedosa das flores e as suas características raízes negras são inconfundíveis. Elas podem crescer até uma altura entre 10 e 30 cm. Todas as 15 variedades são extremamente robustas e fáceis de cuidar. Não pertencem, ao contrário do que o nome sugere, ao género da rosa, mas à família dos ranúnculos.

Em tradução literal, heléboro significa algo como "comida fatal". Esta denominação não é aleatória, já que os heléboros são realmente venenosos. Por isso, deve lavar sempre as mãos depois de tocar nestas plantas - ou melhor ainda, usar luvas quando estiver a mexer-lhes. No entanto, não precisa de se preocupar com os animais de estimação, uma vez que a planta não costuma fazer mal, a menos que os animais comam as raízes venenosas. Devido ao seu efeito tóxico, os heléboros foram também usados antigamente como planta medicinal para tratar doenças nervosas e mentais. Na antiguidade, chegaram até a ser usados como arma química contra os inimigos. Em áreas rurais, principalmente, os heléboros eram usados para prever o tempo que faria no ano seguinte. O extracto da raiz dos heléboros era igualmente utilizado para produzir rapé e pó esternutatório. Por isto, outro dos muitos nomes alemães para a planta é "Schwarze Nieswurz", que significa literalmente "raiz preta que faz espirrar". Uma vez que os heléboros florescem no Inverno e desafiam o gelo e a neve, foram sempre considerados um símbolo de esperança.

Sugestões para plantação

O melhor lugar no jardim para os heléboros é debaixo de árvores que perdem as folhas para que as plantas de folha persistente tenham sombra suficiente no Verão e sol suficiente no Inverno. Os heléboros são plantados no Verão. Lembre-se de que eles precisam de solo calcário para crescerem e que a distância ideal entre as plantas, que gostam de ser plantadas em grupo, deve ser de aproximadamente 15 cm.

Os heléboros também podem ser mantidos em casa como plantas de vaso. No entanto, deve colocá-los num vaso suficientemente grande, num espaço fresco, e assegurar-se de que não secam. Recomendamos que compre algum composto para vaso de boa qualidade e o misture com a terra do seu jardim, para que as plantas recebam os melhores nutrientes. Depois de as plantas florescerem, pode plantar heléboros no jardim, colocá-los, à sombra, em casa ou numa varanda ou pátio ou, ainda, num parapeito da janela com protecção contra a luz solar directa.

Comments