Utilizamos cookies para aprimorar sua experiência em nosso website. Ao continuar navegando por este website, você concorda com o uso de cookies. Para saber mais, leia Cookies

Faça florescer o seu jardim entrando em acção em Janeiro

É o meio do Inverno e para o jardineiro amador há pouco ou até mesmo nada a fazer no jardim. Mas se quiser fazer jardinagem nesta altura do ano, existe um belo trabalhinho que pode ser feito agora – plantar sementes.

Algumas variedades de legumes, como a couve lombardo, couve-flor e alface, podem ser plantadas com protecção em Janeiro. Se tiver algumas sementes de legumes em casa, só deverá utilizá-las se se destinarem a legumes de pele macia e deverá fazer um teste de germinação com antecedência. Para isso, basta humedecer um pedaço de papel mata-borrão ou papel de cozinha, espalhar algumas sementes sobre o papel e observar se as sementes começam a rebentar passado algum tempo.

Requisitos para pré-semear

Algumas flores de Verão podem já ser pré-semeadas. Se quiser cultivar gerânios ou maria-não-me-toques, deverá começar agora. No entanto, repare que se estiver a cultivar plantas primaveris, precisará de áreas de cultivo como uma estufa ou um número suficiente de soleiras de janelas. Se não tiver espaço suficiente, é melhor deixar o cultivo de legumes e plantas de varanda para os profissionais.

Provavelmente, o maior problema se estiver a cultivar plantas desde as sementes é a falta de claridade e de luz solar nesta altura do ano. Isto pode levar a uma fraca qualidade das plantas e a um crescimento excessivamente linear. As sementes finas e as sementes que precisam de luz para germinar não devem ser cobertas e precisam de ainda mais atenção do que sementes fortes. Para garantir que as sementes não são semeadas demasiado perto umas das outras, recomendamos que misture sementes finas com alguma areia. A temperatura de germinação óptima situa-se entre os 14 e os 18°C. Certifique-se de que estão disponíveis luz e ar suficientes. Assim que as folhas das sementes se desenvolverem e conseguir ver as primeiras folhas, as plântulas germinadas que estão posicionadas demasiado perto umas das outras deverão ser replantadas mais afastadas.

Cultivar germinadores a frio

As sementes de germinadores a frio como o heléboro, o flox, aconites e gencianas gostam mesmo de estar no frio. Estas plantas precisam de passar por uma fase fria para que todas as substâncias inibidoras da germinação possam ser decompostas. Estas plantas incluem alguns arbustos nativos, como as roseiras. É aconselhável aproveitar os dias frios de Janeiro para plantar as sementes no solo de propagação. Contudo, deverá permitir que as plântulas fiquem numa soleira de uma janela quente durante 2 a 4 semanas antes de as plantar sob os arbustos. Elas são depois expostas a uma temperatura entre 0 e 5 °C por um período de 6 a 8 semanas. Um dos problemas no cultivo de plantas desde as sementes é muitas vezes luz insuficiente. Existe também o risco de os pássaros serem rápidos a apanhar as sementes da terra no Inverno. Certifique-se de que o solo não seca depois de plantar as plântulas (regue-as!).

Propagação por estaca

Outra forma de propagar plantas é a propagação vegetativa, isto é, cortando e replantando estacas. As espécies mais fáceis, com uma boa taxa de sucesso, incluem salgueiros, groselheiras e roseiras trepadeiras. Corte um ramo de aproximadamente 30 cm de comprimento da planta lenhosa e plante-o num canal estreito no chão, de modo a que 2/3 do ramo fique debaixo do solo. O solo deverá estar em condições favoráveis a essa operação. É aconselhável encher o buraco com uma mistura de terra e areia e pressionar tudo firmemente.

Propagação por raízes

As plantas lenhosas como as anémonas japonesas e os verbascos são propagadas através dos rebentos de raízes. O melhor mês para este método de propagação é Janeiro, desde que consiga chegar às raízes. Se conseguir, corte um pedaço de raiz com cerca de 5 cm de comprimento e coloque-o num vaso com uma mistura de areia e turfa. É importante colocar as raízes na mesma posição em que estavam anteriormente no chão. Para evitar confundir a parte de cima com a parte de baixo da raiz, pode cortar uma extremidade num ângulo e outra a direito. Os vasos deverão ser colocados num local frio, mas sem geada. Não se esqueça de as regar regularmente! Assim que as plântulas pegarem e começarem a rebentar na Primavera podem ser transferidas para os seu próprio vaso para que tenham espaço suficiente e possam continuar a crescer sem obstáculos.

O que realmente é interessante na propagação de plantas não é o semear as sementes, mas sim o que vem depois. Todos os amantes de jardins esperam ansiosamente que as plantas comecem a florir na Primavera, mas se a planta tiver sido semeada, o entusiasmo é ainda maior.

Comments