Utilizamos cookies para aprimorar sua experiência em nosso website. Ao continuar navegando por este website, você concorda com o uso de cookies. Para saber mais, leia Cookies

Adube corretamente

Plantas de varandas e jardins precisam de vários nutrientes para crescerem de forma saudável, e também para produzirem bons frutos e flores. Esses nutrientes podem ser adicionados ao solo através de fertilizantes. Se cumpridas algumas regras fáceis e básicas sobre fertilização, você pode esperar uma boa colheita. Além disso, suas plantas estarão resistentes a doenças e parasitas.

Qual é o melhor fertilizante?

Se você está buscando um fertilizante adequado, pode escolher entre as opções minerais e orgânicas. Falando sobre fertilizantes minerais, muitas vezes nos deparamos com o termo "NPK", que significa "nitrogen" (N), "phosphorus" (P) e "potassium" (K) (em português, nitrogênio, fósforo e potássio). O nitrogênio é necessário para o crescimento das plantas. O fósforo fortalece as raízes e proporciona magníficas flores, folhas e frutas. Sem potássio, o abastecimento de água da planta é interrompido. Usando tais fertilizantes, é possível evitar deficiências em suas plantas de forma confiável e rápida. Fertilizantes minerais, ao contrário, proporcionam os nutrientes mais lentamente, a longo prazo. A razão é que os nutrientes possuem uma cobertura de resina que se decompõe gradualmente.
Os fertilizantes orgânicos têm também um efeito de longo prazo. Os fertilizantes orgânicos mais conhecidos são de composto, raspas de chifre ou restos de comida. O composto, por exemplo, é apropriado para a nutrição de muitos arbustos. O composto na fase de semi-cura é especialmente rico em nitrogênio, mas deve ser aplicado somente sobre a superfície do solo, uma vez que pode danificar as raízes das plantas. O composto maduro contém apenas alguns nutrientes, mas melhora a estrutura do solo.
Além disso, é possível encontrar fertilizantes especiais para os quais o teor de nutrientes é adaptado para espécies de plantas específicas, tais como rosas.

Quando aplicar o fertilizante?

Basicamente, você só deve aplicar fertilizantes durante a estação de crescimento das plantas. Se fertilizadas por mais tempo, as plantas não podem se preparar adequadamente para o seu período de descanso. Elas vão brotar com novos brotos finos que são sensíveis à geada.
Para o gramado, o ideal é aplicar fertilizantes uma vez na primavera, e em seguida no fim do verão e no final da estação de crescimento, no outono.
O fertilizante deve ser aplicado sobre a grama cortada para se certificar de que ele vai entrar em contato com o solo rapidamente. Depois da adubação, o gramado deve ser regado para que o adubo se dissolva e possa finalmente apresentar seu pleno efeito.

Qual a quantidade necessária de fertilizante?

A quantidade de fertilizante deverá ser adaptada de acordo com as condições do solo e das necessidades das plantas. Informações sobre as condições do solo podem ser obtidos no departamento de meio ambiente da cidade ou do distrito, por exemplo. Estudos durante a última década têm mostrado que hortas estão frequentemente fertilizadas em excesso, enquanto que muitas vezes os gramados estou com falta de adubos.
Em geral, nunca se deve usar fertilizantes demasiadamente, pois uma concentração muito elevada de nutrientes afeta as raízes das plantas. Se houver um excesso, os nutrientes solúveis em água são levados mais e mais para as camadas mais profundas do solo e, eventualmente, podem atingir o lençol freático. Assim, é sempre melhor aplicar menos fertilizantes para se certificar de que o meio ambiente e também a sua carteira serão poupados.

Comments